top of page

Rubya Cookbook: Bolo de Reis

Uma receita que decora e perfuma a casa! Segundo a tradição Cristã, esse bolo é servido no dia 06 de Janeiro, quando os Três Reis Magos chegaram para visitar o Menino Jesus, logo após seu nascimento.


Desde pequena, a minha maior alegria era a época que entrava de férias da escola, já sentindo o cheirinho de final de ano, do Natal e dos presentes! Era tempo de escrever a cartinha para o Papai Noel e ir à casa da minha avó para fazer a coisa mais legal do mundo: montar a árvore e o presépio (para uma menina que sempre amou brilho, luzinhas e purpurina, eu era expert em decorar a casa com os frufrus natalinos haha).


Aí, passavam-se as comemorações e chegava a triiiste hora de tirar os enfeites.

Das poucas lembranças que tenho, as que mais marcaram eram da minha mãe falando "dia 06 tem que tirar todos os enfeites, é Dia de Reis, não pode esquecer" e também que eu tirava todas as frutinhas bolo que minha tia mandava aqui para casa.

--


Essa receita foi adaptada para uma massa de bolo mais densa, como a de um "pound cake".

Recheado com frutinhas cristalizadas, passas e nozes, aromatizado com Rum (ou Cognac ou Vinho do Porto) e finalizado com um glacê branco por cima.

Dizem que os ingredientes simbolizam os presentes dados ao Menino Jesus: O formato de "coroa" (o bolo é feito na forma de bolo com furo no meio) simboliza o ouro;

As frutinhas simbolizam a mirra e

O aroma da bebida simboliza o incenso. Muito fofo, né? -- Tanto na Espanha (chamado de Roscón de Reyes) como em Portugal (Bolo Rei), eles fazem uma espécie de rosca doce enriquecida com gemas e gordura (quase um brioche), ambas recheadas com frutinhas, aromatizadas com bebida e raspinhas de laranja. Ah, na Itália também é nesse formato de pão (chamada Torta dei Re Magi). Na França, -- olha como eles são muito mais finos -- a produção dessa data é chamada de Galette des Rois.

A torta é feita com a base e o topping de massa folhada, que envolvem um delicioso recheio de frangipane (creme de amêndoas com manteiga e açúcar, mo-lha-dinho!). Hmmm… posso escolher uma de cada? Não, Rubya. Foco! Vamos fazer o Bolo de Reis.

Ingredientes ½ xic Rum envelhecido (ou Cognac ou Vinho do Porto)

1 ou ½ xic passas 100g manteiga integral sem sal, ponto de pomada/temperatura ambiente

1 xic açúcar mascavo

4 ovos


1 ⅔ xic farinha de trigo

½ colher (sp) fermento químico

Pitada de sal

1 colher (chá) canela

Zestes de laranja bahia


1 ou ½ xic nozes picadas

1 ou ½ xic cerejas em calda em cubinhos

1 ou ½ xic frutas cristalizadas

-- Manteiga integral sem sal e açúcar refinado para untar a forma PS: você pode colocar extrato de baunilha ou mais Rum para dar um UP no sabor.


Utensílios

Bowl

Espátula

Batedeira com a raquete ou fouet para bater

Forma aro 22cm


Modo de Preparo

1) Em um bowl, adicione as passas ao rum enquanto separa sua mise en place!

Ah, e pré-aqueça o forno 170ºC.

2) Na batedeira ou com um fouet, bata a manteiga até que vire um creminho. Adicione o açúcar mascavo. 3) Adicione os ovos. Um por um.


4) Em outro bowl, misture: farinha, fermento, sal, canela e as zestes de laranja.

5) Fora da batedeira, adicione o líquido aos secos.

6) Adicione as frutinhas, as nozes, as passas coadas (reserve o Rum) e a cereja na massa.

7) Despeje na forma e asse por +- 25 minutos.

8) Assim que sair do forno, molhar a massa do bolo com o Rum (dessa forma o álcool vai evaporar com a temperatura do bolo e só ficará o gostinho).

9) Prepare o glacê: (1 clara em neve para 1 xícara de açúcar de confeiteiro. Misture os dois) 10) Espalhe um pouco de glacê por cima do bolo frio e decore com mais frutinhas, nozes e cerejas! PS: em algumas famílias, é colocada uma amêndoa envolvida com papel alumínio (ou uma estatueta, ou uma fava) dentro da massa do bolo, como uma prenda/brinde. A pessoa que pegar o pedaço com o brinde será a encarregada de fazer o próximo bolo OU terá sorte naquele ano! Rsrs

Assim inauguro o nosso ano da melhor maneira: com uma receita super docinha e alegre!


Ah, ela pode ser feita em qualquer ocasião, também. Para acompanhar um chá, eu penso que é o bolo perfeito.

As frutinhas cristalizadas sempre harmonizam com as ervas e especiarias de infusões. Se fizer sem as frutinhas (como eu gostava de comer quando criança), sugiro servir com um sorvetinho de doce de leite! Hmmmmmm! Espero que você tenha gostado.

Com carinho, Rubya



Comentários


bottom of page