top of page

Rubya Cookbook: Cinnamon Cake

Um bolo de família, perfeito para fazer no outono/inverno!

Heartwarming.


Eu penso que esse Bolo de Canela combina com o inverno porque ele é sério, charmoso e cheiroso. E essas características me fazem pensar em vinhos... 

Especificamente falando de vinhos tintos ou vinhos de sobremesa, que possuem aromas empireumáticos. Para explicar: podemos identificar diversos aromas nos vinhos, e eles são separados por grupos. Frutados, florais, vegetais, químicos, animais, minerais... e empireumáticos!


(Os aromas empireumáticos são o resultado da passagem do vinho em barricas de carvalho -- que são tostadas em uma das fases durante a fabricação). Damos esse nome ao perfume de madeira, baunilha, côco, pão tostado, especiarias, nozes torradas, balsâmico, pimenta do reino, gengibre, chocolate, tabaco, melaço, caramelo…


E ainda usando expressões (de sommelier), chamo esse bolo de austéro. Ele é sério, misterioso, não frutado, mas com potencial de conquistar corações! 

Gostaram da analogia? Rs --

E por que toda essa história? Porque os ingredientes que fazem esse bolo ter "características empireumáticas" são:

1- Óleo de côco (que faz muita diferença no lugar da manteiga/óleo vegetal);

2- Açúcar mascavo (ele tem resquícios de melaço, portanto dá um super gostinho especial);

3- Canela em pó (nosso protagonista);

4- Noz Moscada (inconfundível, mesmo que em pouca quantidade) e

5- Castanha do Pará (parece que ela não tem gosto de nada perto da canela, MAS TEM! -- e se for substituída por nozes….. Ficará divino também). E no final, os vinhos que tiverem o bouquet aromático parecido com a lista de ingredientes da receita (de qualquer receita), serão a perfeita harmonização por similaridade (de aromas/ingredientes)! Além de fazer o bolo, você também aprende um dos princípios de como harmonizar vinhos com comida (vale também para cafés, chás e destilados)! Vamos à receita!


Para uma forma de bolo inglês:

Ingredientes - Massa do Bolo Pouco menos que ½ xícara de óleo de côco (pode ser qualquer outra gordura, viu?) 1 xícara de chá de açúcar mascavo (ou meia mascavo, meia refinado) 1 ovo

200g iogurte natural

1 colher de chá de extrato (ou essência) de baunilha

1+1/2 xícara de chá de farinha de trigo

Canela em pó (medida do coração! +- 2 colheres de chá)

1 pitada de noz-moscada

1 colher de chá de bicarbonato de sódio

1 colher de chá de fermento químico

1 pitada de sal

½ xícara de Castanha do Pará ou Nozes picadas Óleo ou manteiga + açúcar refinado (para untar forma) Utensílios Bowl Batedeira ou fouet Espátula de silicone (só para raspar o restinho de massa do bowl mesmo! rs)

Forma de Bolo Inglês Modo de Preparo

1) Bater o óleo de côco com o açúcar + o ovo até virar um creme homogêneo.

2) Adicionar o iogurte e a baunilha (vai ficar com aspecto talhado, mas não tem problema). 3) Em outro bowl, misturar todos os secos. 4) Adicionar os líquidos aos secos e mexer com o fouet. Será uma massa bem grossa. O resultado final será um bolo suuuuuuuuper macio! 5) Despejar na forma untada e levar ao forno 180ºC por +- 30/40 minutos ou até ficar sequinho. Ingredientes - Cobertura de açúcar 2 xícaras de chá de açúcar de confeiteiro

2 colheres de sopa de leite Canela em pó, se quiser Utensílios Bowl Fouet/garfinho Modo de Preparo 1) Misturar o leite ao açúcar e despejar no bolo, quando estiver frio. 2) Polvilhar canela em pó (se quiser!)


Agora, é só passar um café… Ou servir um chá… Ou degustar um Jerez Oloroso (pode ser um Porto Tawny também) e esbanjar-se com esse bolo delícia! PS: inclusive, acho um sabor bem bacana para presentear, junto com o vinho, as taças e alguns bombons. Hmmmm.. Espero que você tenha gostado dessa receita! Com carinho, Rubya

Comments


bottom of page